Rua Alexandre Herculano, 197, sala 708, Gonzaga, Santos/SP

Whatsapp (13) 97424-6920 liceudeoratoria@gmail.com

O erro do desprezo pela lógica

É comum, hoje em dia, as pessoas dizerem que a lógica não é tão importante. Que passou o tempo dela e que o que conta agora é a criatividade. Um tanto traumatizados com as idiotices que os lógicos costumam cometer, acreditam que desprezar a lógica é o caminho mais correto a seguir.

Eu não vou negar que alguma razão há nessa desmistificação da lógica. De fato, existem pessoas que acreditam que ela é o símbolo máximo da inteligência, como se bastasse ser um bom lógico para desvendar os grandes mistérios da humanidade.

No entanto, não é por sua completa desmoralização que o ser humano encontrará os caminhos do conhecimento. Na verdade, a lógica é um instrumento necessário para o raciocínio, apesar de não ser suficiente para ele. Como instrumento é indispensável, mas para que o pensamento se complete e tenha sentido é necessário preencher as variáveis com conteúdo. E é no preenchimento do conteúdo que serão necessários a criatividade, a capacidade de abstração, o senso imaginativo, o conhecimento real e o domínio da linguagem.

Confundir isso com a não necessidade da lógica é, por si mesmo, ilógico. Achar que a lógica é um instrumento ultrapassado é não entender nem sua função, nem seu alcance. Por isso, quando eu ouço, como tenho ouvido de alguns experts, que a lógica não é mais importante, tenho certeza que esse desprezo afetou, antes de tudo, suas próprias inteligência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You are using the BNS Add Widget plugin. Thank You!